Publicado em Resenhas

Livro: Crônicas Para Ler na Escola

Olá, intrusos! Sexta passada decidi que voltaria ao caminho fascinante da leitura! Primeira coisa que fiz foi fazer meu cadastro na biblioteca de onde estudo. Havia perdido minha carteirinha e estudante e só a encontrei um tempo desses (quando queria pagar meia no cinema e passei o dia procurando, COF). O bibliotecário até se assustou quando fui fazer meu cadastro, ele pensava que eu já tinha. Deve ser porque eu sempre estou pela biblioteca, hehe. Decidi recomeçar a ler por livro de leitura fácil, sem cansar muito. Adivinha qual que eu escolhi?! Isso mesmo, “Crônicas Para Ler na Escola”! Esse é o tipo de livro que tem muito a ver com o foco principal do blog e por eu ter gostado pra valer, vou contar, pra vocês, sobre ele e o que eu achei.

O livro é pequeno, 184 páginas e ele começou a ser vendido dia 23 de novembro de 2012 (dia do aniversário da Miley Cyrus, COF COF COF). O escritor é o Marcelo Rubens Paiva, ele é brasileiro e como dizem “é um cronista provocador”, não tem como ler e não se envolver com as crônicas dele. Quando li, me senti na consciência do autor e foi muito estranho. Ele é do tipo que escreve todos os pensamentos e sentimentos, você sente sinceridade, é como se você estivesse no cenário, vendo tudo de perto.

As crônicas fogem um pouco do clichê, são baseadas mais em coisas reais, do cotidiano. Ele é descritivo na medida certa, o suficiente para você achar que conhece alguém com as mesmas características do personagem. A que mais gostei foi a “Abraço ou Beijo” onde ele conta um pouco da vida de escritor, sobre como a profissão de escritor é difícil, porque tem que forçar um sorriso para um estranho na sessão de autógrafo para parecer simpático, ou ir para um lugar fazer a sessão onde ninguém o conhece e ele fica com vergonha da fila por não ter muitas pessoas e quando fica bêbado e confunde se escreve abraço ou beijo para seus fãs homens.

O prazo que eu tinha para devolvê-lo era dois dias depois de emprestá-lo. A princípio, achei que não fosse dar tempo de ler tudo, mas deu! Afinal, crônicas são pequenas, dinâmicas, dá pra ler aos poucos, sem ter que retornar ao inicio do capítulo quando alguma coisa parece estar “fora de lugar”, não fazendo sentido. Enfim, a leitura é divertida e caso não tenha na sua escola, aqui é o link da Saraiva onde você ter mais informações e comprar http://www.saraiva.com.br/marcelo-rubens-paiva-cronicas-para-ler-na-escola-3873517.html 😉 Espero que vocês se divirtam tanto quanto eu nessa leitura e voltem aqui pra concordar com tudo o que eu disse, hein?! Huahsuahs. Até o próximo post >.<

Anúncios

Autor:

19 anos. Acadêmica de Relações Internacionais e apaixonada por histórias de amor.

4 comentários em “Livro: Crônicas Para Ler na Escola

  1. Ei, Blair, você deixou um cometário lá no blog sobre um post que você fará com desenhos de leitores (muito obrigada por lembrar-se de mim! Eu realmente amo desenhar). Gostaria de saber se há uma temática específica ou não em relação aos desenhos.
    Abraços!

    1. Os 3 desenhos que eu tenho são inspirados em posts do blog, Lim. Um marcador de livros (parecido com o que eu fiz aqui no post de DYI), o outro é uma frase do O Pequeno Príncipe e o outro é um desenho que fizeram de mim haushauhas. Eu vi que você gostava de desenhar e não pensei duas vezes antes de mostrar seu desenho no próximo post, hehe. Pode ficar a vontade pra escolher um tema. Se já tiver algum que tenha a ver com algum conteúdo do blog, seria bem legal ^-^

  2. Que legal! (não acredito que ainda não tinha visto esse post por aqui >_<)
    Me apaixonei pelo Marcelo Rubens Paiva desde que li "Feliz Ano Velho", que, a propósito, considero um dos melhores que já li. A sensação de ler esse livro foi como levar um soco no estômago para acordar diante das realidades na vida (me perdoe caso esse trecho tenha sido meio rude, mas isso foi o que melhor descreveu o que senti ao lê-lo).
    Bom, tinha o "Crônicas Para Ler na Escola" onde eu estudava, mas eu nunca o conseguia encontrá-lo disponível para locação. Alguém sempre já tinha alugado o livro!
    E eu fiquei sem lê-lo… Aconteceu o mesmo quando eu estava tentando alugar "O Retrato De Dorian Gray".

    1. Hausaus esse foi o post de estreia das resenhas :3 Ele é mesmo cativante, não é? Desde que passei a ler as crônicas dele, consegui desenvolver crônicas bem melhor que antes! Imagina, acho que eu não encontraria palavras mais sutis que as suas! ahsuahsh. Ainda não li esse que você falou… Hum, vai entrar pra minha lista de livros pra ler 😆
      Obrigada pela visita e por interagir aqui, Lim ❤

^-^ Me conta o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s