Publicado em Comportamento, Curiosidades

Vamos refletir juntos

O que sabemos sobre crimes virtuais?

cronicas

(…) São delitos praticados por meio da internet que se enquadra no código penal brasileiro. 

Nos dias atuais internet se tornou um dos maiores meios de comunicação, o que é difícil para algumas pessoas ditas ”das antigas ” que já foram acostumados com as técnicas passadas, como falar pessoalmente, coisa que muitos hoje deixam de lado, pesquisas comprovam que em uma sala com dez pessoas, todos recorrem ao celular para passar o tempo, ao invés da comunicação verbal como se fazia há muuuuuito tempo atrás, o grande amigo dos adolescentes e dos jovens adultos, se tornou o Google que é a maior forma de tirar dúvidas referente a qualquer assunto. Mas seria isso um bem para a humanidade?

Procuramos lidar apenas com o lado bom da internet, a flexibilidade nos assuntos de trabalho, a popularidade que trás para alguns, e o “status que agrega” mas acabamos esquecendo que ainda há crimes nesse meio, crianças que são vítimas de bulling na escola, se atraem pela forma fácil de lidar com o mundo por trás da tela de ilusões que nos trouxe o mundo virtual. Será que isso é algo bom para as crianças que aprendem a entrar no Facebook antes mesmo de andar? Como deveríamos lidar com isso? O que os pais devem fazer? Há infinitas questões e preocupações com esse assunto. Mas podemos ser quem quisermos na internet, nas redes sociais, enganar pessoas, iludir, obter vantagem. A lei tem algo dizer? Claro!

“Artigo 171: Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento.”

Mas as vezes os crimes acontecem, e nada acontece. Normal no nosso país. Mas, ei? Dessa vez não é só no Brasil, esse é um problema comum em muitos países, nesse quesito países de primeiro e terceiro mundo até que tem algumas coisas em comum.

Além de fraudes, calunia, difamação e diversas outras formas de agressão que acontece nas redes, não podemos esquecer o mais chocante e se me permitem falar, o mais asqueroso: Pedofilia! Todos já devemos saber que pedofilia é crime, mas se tornou um assunto tão comum, que acabamos deixando de lado, porque quando algo não acontece com a gente ou com um membro querido, é fácil esquecer, mas quantas e mais quantas crianças, são vítimas de pedófilos que usam as redes sociais, para atingirem seus pontos fracos, se mostrarem “amigos”, atraindo crianças, adolescente e até mesmo adultos para suas redes de mentiras, eles convencem as vítimas mais frágeis de que são pessoas comuns, com empregos comuns, com vidinhas comuns e que buscam apenas alguém para desabafar, conversar, compartilhar ideias, dai começa o romance, a amizade, o vínculo, a vítima se ilude cada vez mais, e quanto mais frágil, mais envolvida. Booo !!! acontece consumação do crime.

É tão difícil entender o porquê das pessoas serem tão evoluídas para uns assuntos, mas em compensação são tão bobas para outros, existem diversos programas televisivos (Catfish por exemplo), que mostram pessoas que fingem ser outras na internet é um problema comum, que todos conhecem, que muitos são vítimas. É fácil julgar alguém que se deixou levar por uma relação virtual, mas pode acontecer com qualquer um, estamos envolvidos nesse meio, somos vulneráveis, todos podemos cair em uma situação dessas, até no simples fato de comprar um produto em um site desconhecido, depositar o dinheiro e o produto não chegar, estamos sendo vítimas de alguém, estamos depositando confiança em algo, estaríamos sendo enganados como qualquer outro também, então temos que compreende a situação e buscar uma forma de alertar, não só alertar, mas mostrar que isso pode acontecer com qualquer um, e que temos que ter sensibilidade para diferenciar o certo do errado.

Internet é algo ótimo, facilitou a vida de todos, isso é fato, mas não podemos ver só os prós dessa situação, devemos impor limites, não só nas crianças, mas em nós mesmo também, que estamos cada vez mais dependendentes, vamos dar o exemplo antes de pedir algo em troca, que hoje você mesmo, talvez, não seja capaz de fazer. É algo simples, vamos reaprender a falar, reaprender a escrever, reaprender a ter relações interpessoais, lidar com as pessoa frente a frente, deixar esse mundo virtual um pouquinho de lado, essa bolha que colocamos ao nosso redor, vamos nos reeducar e deixar o celular de lado por uns instantes do dia. Pode ser difícil no início (pra mim vai ser super huahusha), mas em compensação pode ser algo extremamente gratificante, pois não se vive dentro de uma tela, o mundo é lá fora ou será que voltamos para as cavernas e estamos apenas vendo as sombras nas paredes com medo de sairmos desse buraco que nos colocamos?

Até logo pensadores :*

Anúncios

Autor:

Em constante transição (...)

^-^ Me conta o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s