Publicado em Crônica, Música

#NoPlay: Army

Olar ^~^

Como vocês estão? Eu estou aqui com o coração na mão, porém em paz. Ai, que sentimentos mais contraditórios. Há uma completa confusão dentro de mim agora. Tem borboletinhas brincando no meu estômago porque estou ouvindo o single Army, do novo álbum #Delirium da Ellie Goulding que saiu dia 06/11. Eu confesso que já ouvi todo o álbum e essa não é a música que melhor representa-o. É só a música que eu poderia considerar o grande hino do mesmo.

A começar, a canção faz mergulhar numa completa melancolia. E quando as notas exaltam-se, não há como não afundar nessa outra dimensão. Eu estava triste porque o novo álbum viria como uma proposta da imersão da Ellie no pop e essa música fez #Delirium não ser mais um álbum fútil no mercado. Eu realmente amei Army, entre outras músicas que nem foram escolhidas como singles.

Enfim, eu também relembrei quando conheci as primeiras músicas da Ellie. Eu estava completamente frustrada naquela noite, com o coração despedaçado. Estava navegando na web a procura de algo que fizesse eu sentir que a vida poderia ser muito mais que decepções. Eu conheci as músicas da Ellie e logo apaixonei-me. É estranho como Army relembrou-me tudo o que eu senti quando ouvi a voz dela pela primeira vez.

A voz da Ellie foi como um abraço que envolveu-me e, de certa forma, curou-me. As letras falavam sempre de amor e fez-me perceber que tudo bem sofrer pelo mesmo quando se pode elevar essa dor à arte, à música. Eu finalmente senti-me em paz com meus dramas que saíram de cena para os papéis.

“Sou a dor, sou infantil, e tenho medo

E ainda assim você me entende

Como ninguém”

Eu acredito que, no mundo, sempre vai existir alguém em quem você vai poder confiar de olhos fechados e entregar seu coração. Aquele alguém que mesmo sendo um só, fará você sentir-se com um exército do lado lutando por você, pela sua felicidade. O universo não pode ser tão perverso a ponto de escrever nossos destinos ímpares.

Enfim, como de costume, prolonguei-me falando mais de mim mesma do que da música! Huasuash. É difícil explicar uma música sem falar de sentimentos. Ouçam vocês também e apaixonem-se! ❤

“Nós dois sabemos o que falam da gente

Mas eles não têm nenhuma chance pois

Quando estou com você

Estou com um exército”

Eu ando tão sensível esses dias. Sei lá, eu poderia culpar a história que estou escrevendo. Tudo o que eu consigo imaginar agora são os meus personagens e como eles estão sentindo-se. Acho que eu estou mesmo submersa nessa história – cof cof cof. Huahsuhas.

O que sentiram com a música? Contem nos comentários. Beijinhos de luz e até o próximo post! 😉 ❤

Anúncios

Autor:

19 anos. Acadêmica de Relações Internacionais e apaixonada por histórias de amor.

3 comentários em “#NoPlay: Army

  1. Eu me senti realmente emocionada quando escutei essa música, quase chorei, ela também me fez lembrar o outro álbum dela. Ellie sempre nos surpreende. 🙂

^-^ Me conta o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s