Publicado em Crônica

Mas porque @cardisplicente?

segurando-coracao-neve

Olá, gaveteiros. Ontem, resolvi mudar o nome dos meus @ nas redes sociais. Vai ser um longa história; mas, apesar de parecer algo bobo, eu quero muito contar. ❤

Desde meus treze anos, com a febre Crepúsculo, eu adorava o ator Robert Pattinson. Eu era muito fã: colecionava fotos, monitorava fan clubs e chorava quando os filmes acabavam. Então, adotei o pseudônimo “Blair Pttsn”.

Eu escrevo crônicas desde os dez anos. No entanto, foi a partir da adolescência que comecei a me interessar mais a escrever coisas sobre o coração e, aos dezesseis, criei esse blog para publicar crônicas acerca disso. Entretanto, eu tinha medo de parecer bobona ou sincera demais. Eu não tinha coragem pra assinar meu próprio nome.

Eu acredito que, durante toda a minha adolescência, eu fui cercada de medos. Contudo, escrever se tornou uma das coisas mais importantes pra mim e também motivo de orgulho e felicidade. Ao passo que entro na vida adulta, vou aprendendo a lidar com meus medos – sentimentos – compreendendo que eles fazem parte de mim e não há problemas nisso.

Eu senti necessidade de mudar os @ porque “Blair Pttsn” já não me representa tanto quanto antes. Não era uma máscara, era só uma proteção. Agora, eu me sinto mais preparada para arcar com as consequências do que ando assinando por aí. Risos. O.K, mas porque @cardisplicente? 

Primeiro, porque, quando li o significado dessa palavra pela primeira vez, fiquei encantada. (Encantadora é o significado do meu nome, Blenda! Huahsuha). Continuando, é mais fácil de pronunciar e ser compreendido do que o “Blair Pttsn”. E eu adoro explicar o que significa e as pessoas adoram perguntar!

Significa ser descuidado com o próprio coração. Ah, é um neologismo! 

Parece contraditório, não é? Mas eu sou contraditória na maioria das vezes.

Eu deixo meu coração guiar meus passos, por mais que isso lhe doa mais tarde. Eu me permito sentir, mesmo não querendo. Às vezes eu sinto muito, até demais. Eu sofro. Eu amo. Eu fico triste. Eu me desespero. Eu me encanto. E são todos esses sentimentos que me tornam cardisplicente e me levam a ser aquilo que sou: escritora.

Enfim, tudo se resume nisso. Espero que tenham gostado de saber. Um abraço de urso e até o próximo post! 😉

Anúncios

Autor:

19 anos. Acadêmica de Relações Internacionais e apaixonada por histórias de amor.

2 comentários em “Mas porque @cardisplicente?

^-^ Me conta o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s