Publicado em Comportamento, Crônica

O papel de trouxa

tumblr_nizui0est21rt1hswo1_500

Escrevi ouvindo High Hopes – Kodaline

As pessoas nunca tiveram tanto orgulho de seus papéis de “trouxa”. Acho que a colocação fica melhor se eu trocar “tiveram tanto orgulho de” por “aceitaram tanto”. Quero dizer, todo mundo parece conformado. Mas ainda reclama. Talvez um um pouco inconformado. Porém, continua sendo. Que grande paradoxo.

Nas minhas redes sociais, não passo um dia sem ler na minha timeline a palavra “trouxa”. Acredite se quiser, é mais comum que “Justin Bieber” ou “Fora Temer”. E como me posiciono diante disso? Não sou alguém que gosta de reclamar, embora eu abra exceção para o Twitter, afinal não tem graça estar ali se não for para desabafar todas as ironias da vida.

Mas vamos pensar comigo: o que é ser trouxa?

Trouxa é ser gentil, do tipo que cede lugar no ônibus para uma pessoa que se gosta? É ser educado e dar bom dia mesmo quando o dia tá péssimo? É se permitir apaixonar porque sem isso a vida perderia mais o sentido?

Talvez ser trouxa é como colocar todas coisas boas que temos numa caixinha e acrescentar umas florzinhas dentro para esconder os defeitos, porque nos envergonhamos um pouco deles, também borrifar nosso melhor perfume para que alguém possa notá-la com todos os sentidos. Até aí, está tudo bem.

O problema é quando alguém pega seu papel de trouxa e faz aviãozinho dele e manda lá pra longe do Brasil. Entende? Não há nada de errado conosco – sim, eu também me incluo. Somos pessoas maravilhosas e doando o nosso melhor porque é isso o que somos, é isso o que queremos ser mais mais a cada dia. Somos perfeitos assim mesmo. Não precisamos mudar.

Quem precisa mudar são as pessoas, aquelas que não valorizam o que você sente, aquelas que não te correspondem. Pode até não ser culpa delas. Algumas pessoas realmente não nasceram para sentir tanto quanto as outras. Está tudo bem assim também. Não podemos exigir reciprocidade porque isso nem é ser trouxa, é ser intolerante. Não podemos prender ninguém a nós. Não é assim que funciona.

A moral da história é que depois que você juntar tudo o que sobrou da sua caixinha, terá um presente mais bonito se permitir que seu coração continue bom. E você vai descobrir novas causas pra lutar e outras pessoas para se apaixonar. Existem tantas e não conhecemos todas para acreditar que a guerra foi perdida. Entretanto, não se cobre tanto nem cobre tanto de ninguém. Deixe a vida ser leve, como o seu próprio papel.

Então, o pegue e desenhe um lindo arco-íris, de todas as cores. Colore seu dia e sua vida, do jeito que quiser. Ninguém é mais competente para fazer isso senão você mesmo. E se permita viver e fazer o papel que lhe couber melhor, sem se importar tanto com o que a vida lhe dará como recompensa. Esse é o mistério e por isso devemos nos dar a chance de viver um dia a mais, todos os dias.

Um abraço de urso e até o próximo post. ❤

Anúncios

Autor:

19 anos. Acadêmica de Relações Internacionais e apaixonada por histórias de amor.

6 comentários em “O papel de trouxa

  1. Pegaram meu papel de trouxa,fizeram um aviãozinho,e jogaram pra longe.Doeu,e muito.Depois disso,fui lá e joguei o aviãozinho de alguém pra longe também,só não imaginei que fosse doer tanto fazer isso com alguém.
    Desculpa por estar escrevendo isso,mas suas palavras me fizeram pensar sobre isso.

      1. Queria que você soubesse que me desculpei com a moça.Ela me perdoou,e agora somos mais que friends,somos amigas. Obrigada^^

      2. Que lindo! Ah, amizade é a relação mais maravilhosa de todas. Eu fico muito feliz por vocês, de verdade. Abrir o coração para entrada de sentimentos bons é libertador, não é? Precisando, estou aqui pra conversarmos. 😀

      3. Me sinto bem melhor agora,e eu sei que ela também,já que esclarecemos muita coisa. E sim,é realmente libertador.Obrigada por ser tão gentil.

^-^ Me conta o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s