Publicado em Comportamento, Crônica

Juntas, nós podemos fazer isso.

livre-para-amar-3

Escrevi ouvindo Play Date – Melanie Martinez

Ontem foi dia das mulheres e compatível também o aniversário da minha poodle Melanie e o resultado do processo seletivo da Unifap. Foram tantas coisas que não tive como separar um espacinho para publicar aqui alguma coisa. No entanto, como expressante feminista que sou: todo dia é dia da mulher. 

Sabe, ainda é complicado ser mulher no século 21. Não é só uma questão de trocar de calçada quando se sente insegura. Vai além disso. Eu sinto que ser mulher é como viver por conquistas todos os dias. É como se precisássemos constantemente provar quem somos e o que viemos fazer.

Todas as vezes que me imagino na carreira de internacionalista, é fazendo representatividade não só dos interesses particulares pelos quais fui contratada ou concursada, mas também da mulher brasileira, a mulher guerreira. Aquela mulher que se doou ao máximo para passar no vestibular, que contou os centavos para as xerox, que pegou muitos ônibus, que precisou ouvir cantadas ridículas quando saía um pouco mais arrumada de casa, que não ganhou nada de graça, que foi à luta.

Ser mulher e conquistar um destaque no que se faz não é fácil. Às vezes, somos cercadas por intimidações que nos fazem questionar se somos boas o suficiente. Ser mulher também é ter muitos sonhos e tentar arrumar um “jeitinho” para dar conta de todos eles: seja uma carreira, família, um lar, uma viagem ou todos juntos numa vida só.

Fazer parte desse time, é uma dádiva. Nós, mulheres, podemos fazer o que quisermos. É só uma questão de conquista. Se temos, hoje, privilégios de direito de voto, educação e até trabalho é porque grupos feministas lutaram por isso. No entanto, nossas vitórias não acabam por aqui. Existe, a cada dia, um espacinho a ser conquistado. Não é apenas uma questão de gritar o que queremos, mas caminhar para o encontro dos nossos desejos. Eu acredito na minha geração. Juntas, nós podemos fazer isso.

Anúncios

Autor:

19 anos. Acadêmica de Relações Internacionais e apaixonada por histórias de amor.

^-^ Me conta o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s