Publicado em Crônica

Dose de anestesia

tumblr_ltyk10wjfr1r5f3pzo1_500

Eu cansei de procurar por estoques de sentimentos. Os potes estão vazios. Os vidros estão quebrados. Se você pisar firme, por aqui, pode se machucar. E não foi porque eu quis assim. Eu te dei tudo o que você poderia exigir de mim. Eu te dei todas as chances de não me esquecer na dispensa.

É tão doloroso te dizer que todos aqueles sentimentos acabaram. Eu já não me sinto feliz quando você volta. Ao contrário. Eu queria não te encontrar mais, como se nunca tivéssemos nos conhecido. Não é como se tudo o que nos envolveu tenha sido tão ruim a ponto de eu preferir imaginar que nunca existiu. Mas, me parte o coração recordar de quão bom foi estar contigo, toda vez que te vejo.

Eu só gostaria que você se despedisse de mim sem olhar pra trás. Eu não quero que nossos olhares conversem como da primeira vez. Eu sinto muito, mas não como antes. Eu ainda te quero, mas não desse jeito desapegado. Eu ainda te amo, como se ainda sobrasse amor depois de tanta dor por ter amado mais do que eu deveria. Eu vou demorar por aqui limpando toda essa bagunça. É melhor que você nem volte mesmo, nem pra visita.

Todas as coisas parecem erradas sem você. Não por você em si. Você significa pra mim mais do que realmente era. Você era o meu maior sentimento. Por que não sentir nada não parece a coisa certa a fazer? Eu só precisava da dose certa de anestesia do teu carinho. Ela não me machucava enquanto era toda pra mim. De repente, você dividiu tanto essa dose que apenas um pouquinho não foi o suficiente para fazer efeito comigo.