Publicado em Crônica

A menos certa pra você

tumblr_la08jcp3aw1qd57x8o1_500

Escrevi ouvindo Sad – Marron 5

Quando você foi embora, eu me senti desesperada. O que eu poderia fazer por uma segunda ou, quem sabe, terceira chance? Não sei. Eu andei perdendo a conta de quantas vezes você ameaçou partir meu coração. A verdade é que a tua voz tão doce não era agressiva xingando o meu amor. Então, eu fui delirando acreditando só no que eu queria ver.

Eu fechei meus olhos e deixei você brincar com o que eu sentia por você. Eu permiti que você tirasse tudo de mim e eu fiz tudo o que poderia fazer por você. Mas amor sequer é gratidão. Isso é o que menos importa, porque nenhum foi grande o suficiente pra você não me abandonar assim. Eu estava tão na sua e o meu sorriso só existia contigo. Eu não quis imaginar o perigo que seria se tudo isso não fosse recíproco.

Você me fazia pensar que eu era forte o suficiente para correr todos os riscos, correr atrás de você. Eu te procurei por todos os lugares que você costumava frequentar. Eu cansei de ligar e você sequer retornar. Esqueceu o celular de novo, foi? Tudo bem… Não estava nada bem! Meu coração estava apertado, estava judiado de tanto te querer e menos te ter a cada dia.

De repente, eu estava me sentindo péssima por ser exatamente quem eu sou. Eu cogitei mudar tantas coisas: eu quis mudar a forma como eu sentia tudo tão depressa, eu quis mudar o meu corpo, eu quis mudar de endereço, eu quis apagar teu número, eu quis apagar teu beijo, eu quis apagar você pra sempre. Eu estava enlouquecendo tentando encontrar motivos pra você ter sido tão cruel comigo. Será que não sou boa o suficiente?

Foi, então, que no mês do carnaval você decidiu assumir seu romance sem medo de ser feliz ao lado dela, sem culpa pela minha dor da tua ausência. E o teu sorriso caiu bem com o dela em todas as fotos. Eu assisti tudo isso de casa enquanto procurava pelos defeitos dela. Será que eram tão menores que os meus? Ela provavelmente conhecia mais sobre suas músicas favoritas do que eu. Eu me senti a garota mais errada de todas. A menos certa pra você.

 

Anúncios
Publicado em Crônica

Não é que eu não te ame tanto assim

desafio-de-escrita-primeiro-encontroalmas-g25c325aameas-mademoisellelovesbooks

Escrevi ouvindo Buzzcut Season – Lorde

Não é que eu não te ame tanto assim…

Mas, às vezes, eu gosto de aproveitar o silêncio da noite e vagar pela casa. Eu gosto de tirar minhas roupas sem, necessariamente, um porquê excitante. A sensação de frio me lembra o teu calor que me faz bem. Então, eu lembro porquê o meu amor é teu.

E mesmo que eu não acenda as luzes, eu sei de cor cada lugar e por onde fui deixando as coisas de quando cheguei com pressa e só quis deitar logo contando com a sorte para ter um sonho bom, um sonho com você. Entenda que, ainda que eu não decorasse algum lugar, eu saberia por onde ir até a cama encontrar com teu perfume lá.

Nunca pense que eu não te amo o suficiente. Não é porque eu não me sinto pronta para viver a dois que o meu coração não bate por você também. Às vezes, fico entediada até de mim mesma e tenho vontade de partir pra longe e me reinventar. Mas eu não iria a qualquer lugar ao qual eu não pudesse com você estar.

Agora, eu só preciso de um tempo. Um tempo meu – que não deixa de ser um pouco seu também – porque parte de mim é amor e a outra também te escolheu. Isso significa que em qualquer lugar ou em qualquer companhia, a ti devo minha calmaria. Eu quero ficar com você, contudo, agora quero apenas as lembranças para me dar conta da tua confiança.

Eu quero que a saudade aperte forte. Quero sentir a porta do meu coração fazendo bagunça até eu a ouvir batendo. Quero aquela dose desesperada de precisar te encontrar o mais depressa possível. Eu só quero a certeza de que não existe volta: te quero agora, não enrola! Vai desejando que eu já estou passando aí em uma hora.

Publicado em Crônica

Tudo passa

tumblr_static_56bqckbtbxsskk4wsgw4ck4g4_640_v2

Escrevi ouvindo Quiet – Jason Mraz

Acalma teu coração e aprende a lição: tudo passa.

Faça frio ou calor: passa.

Seja amor ou dor: passa.

Então, abre os olhos e vive o máximo que puder quando o Universo te escolher pra ser feliz. Quando não, fecha os olhos e sonha. Não precisa entrar desespero, porque, meu bem, tudo passa. Seja passarinho se preciso for e observa que sobrevoando nem tudo é tão caótico quanto parece quando você olha apenas pra quem te fez triste.

A vida é mais que pessoas, mais que problemas, mais que vontades, mas sem um coração em paz nem é vida. Teus sentimentos são mais importantes do que qualquer outra coisa. Teus sentimentos te fazem diferente de todas as outras pessoas do mundo. O quê e como você sente é só você quem sabe, ninguém mais poderia cuidar tão bem do teu coração senão você mesmo.

Não aposta teu amor como capital de felicidade. Não apoia teu sorriso nos sorrisos alheios que você pode causar. Tua causa é acalmar primeiramente o próprio coração. Coração em guerra não faz amor. Nota que tudo passa ou você passa por tudo. Só depende de você se permitir sentir feliz outra vez.

Publicado em Crônica

Bares errados

tumblr_static_tumblr_static_azghbpby3wo4w884gg44oo0k4_640

Escrevi ouvindo Wet – No lie

Nos perdemos procurando por um amor. Estamos viajando cada vez mais distantes um do outro e nos perdemos porque estamos nos procurando nos bares errados. Você não sabe que não precisa disso se estou com você? Teu prazer é ilusão, é efêmero, é desespero. Você se desespera para amar e acaba amando rápido demais. Nada sobra no dia seguinte. Tudo esgota tão depressa e você se desespera outra vez. Mais um whisky, por favor.

Você não olha para os lados, então não percebe que só tenho olhos pra você. Talvez,  você não esteja acostumado com tanta atenção. Você é tão distraído. Mais um copo e eu aposto que você vai cair na própria conversa que ainda está lúcido. Você pensa que não bebeu o suficiente. Aliás, você nunca precisaria do “suficiente” para encontrar quem você realmente procura se tivesse me levado um pouco a sério. Por que tanto desespero? Eu estou aqui do seu lado, esperando pelo teu beijo.

Eu me perco porque te encontro. Eu te encontro nos ouvidos de outra pessoa. Você sabe que ela não quer nenhum compromisso com você. Parece ser perfeito assim. Nós sabemos que isso está longe do que você deseja. Você quer mesmo assim, é uma boa desculpa para fugir de mim. Você só me encontra quando se perde. Entretanto, eu não sou uma dose de álcool barato que você deveria provar em crises de abstinências. Não faça de mim uma bebida que se toma em desespero porque sentiu falta de delirar durante o dia.