Publicado em Crônica

Bares errados

tumblr_static_tumblr_static_azghbpby3wo4w884gg44oo0k4_640

Escrevi ouvindo Wet – No lie

Nos perdemos procurando por um amor. Estamos viajando cada vez mais distantes um do outro e nos perdemos porque estamos nos procurando nos bares errados. Você não sabe que não precisa disso se estou com você? Teu prazer é ilusão, é efêmero, é desespero. Você se desespera para amar e acaba amando rápido demais. Nada sobra no dia seguinte. Tudo esgota tão depressa e você se desespera outra vez. Mais um whisky, por favor.

Você não olha para os lados, então não percebe que só tenho olhos pra você. Talvez,  você não esteja acostumado com tanta atenção. Você é tão distraído. Mais um copo e eu aposto que você vai cair na própria conversa que ainda está lúcido. Você pensa que não bebeu o suficiente. Aliás, você nunca precisaria do “suficiente” para encontrar quem você realmente procura se tivesse me levado um pouco a sério. Por que tanto desespero? Eu estou aqui do seu lado, esperando pelo teu beijo.

Eu me perco porque te encontro. Eu te encontro nos ouvidos de outra pessoa. Você sabe que ela não quer nenhum compromisso com você. Parece ser perfeito assim. Nós sabemos que isso está longe do que você deseja. Você quer mesmo assim, é uma boa desculpa para fugir de mim. Você só me encontra quando se perde. Entretanto, eu não sou uma dose de álcool barato que você deveria provar em crises de abstinências. Não faça de mim uma bebida que se toma em desespero porque sentiu falta de delirar durante o dia.

Anúncios