Crônica

Não é fim. É reticências…

relacionamento-fim

Há um tempo você tem me perguntado porque eu nunca mais escrevi nada… E você quer saber o que eu tenho sentido. A verdade é que eu tenho escrito escondido pra ninguém perceber quão doloroso tem sido meu amor por você.

Eu não consigo me despedir. É como se eu vivesse mais por você do que por mim mesma.  Eu deixo tudo de lado pra cuidar de você. Mas isso está me destruindo porque já não somos os mesmos de julho passado. “O inferno mais bonito” que chama? A sua paciência é menor a cada briga. Eu não consigo ouvir palavras duras sem chorar a noite toda. Eu não tenho sido forte o suficiente para continuar com você.

Não quero disfarçar meus defeitos. Eu tenho ficado mais ocupada a cada dia, com menos tempo para nossas brincadeiras de antes, mas eu ainda esperava por encontrar paz no teu abraço e insistia em te ver.

Te olhar agora já não é como antes. Eu não consigo mais ver os olhos tão bonitos de antes. O que eu vejo é o que eu sinto: tristeza. Eu me sinto triste por não sentir que você tem cuidado tanto de mim. Eu me sinto desesperada quando acordo de um pesadelo e você está do outro lado dormindo tranquilamente, sem me acolher como antes.

São os gestos mais simples de amor que me fazem falta em você. Eu já não percebo você me olhando a toa. O que percebo é você cada dia mais distraído com os olhos destinados ao celular. Você não me surpreende como uma paixão descontrolada, na qual tudo é motivo de curiosidade e um faz de conta que é novidade. É como se você só existisse do meu lado. Então, você tem deixado de ser a pessoa por quem mais espero ver no final do dia.

E eu ainda te amo por tudo o que você significou e não vou mentir que todos os dias tenho esperança de você encontrar um meio pra eu me apaixonar outra vez. Mas você procrastina. Sempre. E é isso o que eu tanto odeio. Você só se demonstra como alguém disposto a lutar por mim quando eu me disponho a te deixar.

E, sinceramente, o que eu preciso agora é estar com alguém por liberdade de escolher ficar e não por um compromisso selado. Não quero estar com você porque temos algo, mas quero estar por sentir querer.

Não é fim. É reticências, porque ainda espero por você…

Mas não por todo tempo do mundo. 

^-^ Me conta o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s