Crônica

Tudo o que eu ainda sinto

tumblr_static_1xnby5k1s1a88o44swgkcosoc_640_v2

Eu vivo estressada e cansada. Mais crua como nunca. Eu estou saturada das mesmas satisfações e fazer de conta que eu não me importo de receber ordens sempre. Eu estou entediada das pessoas. Em alguns momentos tudo o que eu queria era estar vivendo um grande amor. Mas essa é outra decepção.

Então, às vezes, eu me questiono como seria a vida sozinha. Queria provar do que é ficar completamente sozinha e independente não só em questão financeira como emocional. Eu queria redescobrir como é sair e não me preocupar em chamar atenção. Porque o que eu tenho agora é uma rotina metódica meio bagunçada correndo atrás de alguma coisa, qualquer coisa pra conseguir o que queria.

Eu sinto saudade daqueles telefonemas carinhosos sem preocupação com a hora… Que lembra o gostinho do último beijo. Eu sinto falta de como parecia mais simples e pra tudo se dava um jeito. Agora o jeito parece que é cair fora. Jogar fora. Jogar fora tudo o que eu ainda sinto? Sacanagem.

E é por isso, apenas por isso, que eu não me arrisco e não me jogo sem compromisso. Seria mais fácil se não tivesse saudade e estresse pela falta de demonstração de amor. Ainda fico aqui pensando como seria deixar tudo isso para trás e recomeçar. Não sei se teria estrutura ou responsabilidades o suficiente para me distraírem da dor da perda. Sigo confusa, estressada e cansada e também apaixonada.

^-^ Me conta o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s