Comportamento, Crônica

– Você é difícil?

large_tumblr_myalj1f9m41qea16ro1_500

Romance complicado parece interessante nos filmes. Acho que, porque, lá no fundo, a gente já desconfia que eles vão ficar juntos no final ou que, pelo menos, vai ficar tudo bem. Na vida real, eu dispenso qualquer complicação.

Mas, Blenda, você é fácil?

Eu não me rotulo. Depende muito. Eu costumo dar alguns avisos antes de sair num date:

  1. Eu sou pontual
  2. Eu não vou me arrumar toda pra te ver
  3. Eu tomo a iniciativa

Sabe, é bem chato dizer pra alguém: você é legal, mas eu não fiquei afim de você. Ai, isso machuca… Machuca o ego e, se duvidar, até o coração! Então, a melhor coisa que eu fiz foi admitir: se eu quiser beijar você, não tenha pressa, eu vou fazer isso.

Mas você não tem medo de levar um fora também?

Eu só pareço tão segura porque eu observo muito a pessoa. O corpo fala. Fico analisando a postura, a forma como me olha, a proximidade e arrisco. Se ela não quiser: azar o dela! TÔ BRINCANDO. Se ela não quiser, a gente ri disso e continua conversando até dar a hora de ir embora.

Ontem, eu estava jantando com dois amigos do ensino médio. É sempre divertido encontrar amigos do ensino médio porque eles reagem sempre como se agora eu fosse uma pessoa totalmente diferente. Totalmente não sou, mas eu mudei bastante e, em especial, sei me expressar melhor.

Bom, conversamos sobre como a vida segue depois de um namoro. Foi engraçado como eles me acharam “desapegada”. Eu sou muito intensa. Eu adoro ter encontros, ter uma conversa de aquecer o coração antes de dormir e todo esse romance. E onde eu não me sinto confortável para ser assim, eu não demoro. E dói bastante quando eu crio expectativas. E passa logo depois que eu vejo que aquela não era a única pessoa interessante no mundo. E, assim, eu sigo para a próxima.

Na última vez que eu saí com meu ex-namorado, ele disse que eu deveria esperar um tempo e ficar mais sozinha. Não combina comigo. Por que as pessoas dizem que a gente precisa dar um “tempo”? Tempo é relativo. Eu não vou seguir nenhuma regra que impeça meu coração de ficar em paz de novo.

Estava ouvindo uma música da Naiara Azevedo que faz todo sentido:

Avisa que eu cheguei
Que a gente vive apenas uma vez
Então se arrisca, beija, acerta, erra

O amor não vem com estrela na testa

É isso mesmo. O amor não vem com estrela na testa, talvez não veja num rostinho bonito nem numas palavras bem ditas.

Se deu certo, bem
Se não deu certo, ótimo
Próximo, próximo

^-^ Me conta o que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s